13 de nov de 2010


Eu tenho uma porção de coisas para te dizer,
dessas coisas assim que não se dizem costumeiramentes,
sabe, dessas coisas tão dificeis de serem ditas
que geralmente ficam caladas.
Por que nunca se sabem nem como seram ditas,
nem como seram ouvidas.Compreende?
(Caio F. Abreu- Ovelhas negras)

Um comentário: