8 de dez de 2010

Lembrança


Dos amores vividos, dos desamores surgidos.
Do flerte, cupido.Letras de canções.

Fotos, sorrisos, tempo, amigos.
Da comida, do cheiro, da voz, das histórias.

Lembrança é cena que se revive...

Um retocesso livre a um albúm da memória.

(Paty Vicenssoti)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Escrevo porque encontro nisso um prazer que não consigo traduzir. Não sou pretensiosa. Escrevo para mim, para que eu sinta a minha alma falando e cantando, às vezes chorando.”/Clarice Lispector*