3 de dez de 2010

"Que friagem nenhuma seja capaz
de encabular o nosso calor mais bonito.
Que, mesmo quando estivermos doendo,
não percamos de vista
nem de sonho
a ideia da alegria"
(Ana Jácomo)

Um comentário: