18 de abr de 2011



“Incrível como algumas coisas deixam marcas, e até parece que foram marcadas à ferro, porque você ainda as sente.”

Caio F.

2 comentários: