17 de jun de 2011

Nostalgia ativada

E é em dias parecidos com hoje que eu realmente sinto falta. Não sei se estou falando de saudades, daquelas que machucam. Certo, não estou falando dessas. Refiro-me àquela falta que sinto com uma freqüência muito maior do que as pessoas imaginam.
Sinto falta de possuir alguém do meu lado sem pretensão alguma, sinto falta de rir das coisas mais idiotas possíveis, de ter alguém para me fazer feliz com gestos simples. Eu sinto falta das palavras e ainda mais das atitudes que eu não via em mais ninguém. Sinto falta daquelas músicas horríveis que eu era “obrigada” a ouvir, das danças insanas que tínhamos, de coisas que só dava pra fazer com você. Fazem falta as piadinhas sem graça, seu orgulho idiota, seu sorriso bobo e as conversas espontâneas. Mas, o que faz uma demasiada falta é o quanto os momentos eram grandiosos, o que faz falta é a intensidade que eu só sentia com você.
E não é nada que machuque, faça chorar ou algo semelhante, isso é bom sabe? Eu percebo que há pessoas que passaram pela minha vida para fazê-la valer ainda mais a pena, para me fazer perceber que eu to aqui pra viver e pra sentir, não pra passar correndo pelos melhores acontecimentos. Agora, resta-me apenas uma nostalgia imensa enquanto olho para essa lua linda que só me lembra você.

3 comentários:

  1. OOOI, EU VIM VIM VISITAR O BLOG, SEMPRE QUE PUDER EU VISITAREI :]
    http://carlosyurii.blogspot.com/ :]

    ResponderExcluir
  2. Caramba, ja me senti assim... me lembrar desses dias me fez quase chorar! Era horrível akela falta, eu n sabia lidar muito bem com ela.

    Tem selinho pra vc no meu blog, ta? 2. :)

    ResponderExcluir
  3. Lindo demais. É assim que eu também me sinto às vezes. Adorei sua atitude de pegar textos de outros blogueiros referenciados devidamente, isso faz com que nós conhecemos o desconhecido. Adorei.
    Beijo.

    ResponderExcluir