9 de nov de 2011

Uma dose de café

- Um café quente, por favor.
- Você sumiu, pequena.
- Decidi dar um tempo em tudo…. Tempo ao tempo.
- Não lhe entendo, menina.
- Esfriou.
- Os sentimentos?
- O café.
- (…)
- Não tem jeito de acabar com algo que nunca existiu.
- Que amargura carregas, doce. Desamargure-se.
- Me dê uma dose bem doce, então.
- De amor?
- De café. Porque eu sei muito bem que este aí está em falta.

9 comentários:

  1. olá curti seu blog..
    estou seguindo :)
    se curti segue tbm:
    http://enredodeideias.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Que lindo está o seu blog!
    Adorei esse diálogo.

    ResponderExcluir
  3. E é verdade. Café esfria assim como sentimentos :D
    Beijosmil ;*
    Boa tarde

    http://o-que-ninguem-ve.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Bonito diálogo, bonita foto!

    http://amar-go.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Assim como o café vai esfriando como o tempo os sentimentos também!
    O amor está em falta, essa me serviu!
    Beijos Karine!

    ResponderExcluir
  6. né, prefiro um bom café a um amor mais ou menus! café e amor pra mim tem que ser doce e BEM quente!

    http://oamorhadevencer.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Seu blog ficou lindo!
    Simples e Encantador!

    BEIJO, se cuida flor :**

    ResponderExcluir