15 de dez de 2011

A última carta de amor

Todos os dias eu me perguntei se o que estava fazendo era certo, me perguntava se era um erro eu te amar tanto assim, se era normal te querer dessa forma. Puro egoísmo?talvez, mas de qualquer forma eu não queria te perder, não queria te deixar. Muitos me perguntaram “Se é amor, por que você sofre tanto?Se vocês se amam, por que não ficam juntos?. Chega a ser engraçado não é mesmo?, talvez nunca entendam que temos que fazer certos sacrifícios, e diversas escolhas em nossas vidas. Eu passo noites a olhar as estrelas, dias a olhar para as nuvens, pelo simples fato de tudo me lembrar você, desde o cheiro de um perfume exalado no ar, até uma musica tocada por ai. Enxergo seu rosto estampado em todo lugar. A cada lugar que eu passo nos vejo juntos, abraçados, e nos fazendo juras de amor. Eu não estou te deixando, apenas tenho que partir por algum tempo, te peço que lembre-se de mim a todo instante. Lembre-se do meu sorriso, do meu olhar, e te peço que guarde esta carta, esta ultima carta de amor, junto de seu coração. Por que  quando eu voltar, e sim eu voltarei, te farei tão feliz, e me apaixonarei por você como se fosse a primeira vez”.

5 comentários:

  1. Perfeito. Porque eu tenho que parte por esse tempo nao quer dizer que eu esqueci de você.Aonde quer que eu vá você estara comigo,isso nem o tempo tira de dentro de mim.

    ResponderExcluir
  2. A limitação do amor tem de ser a nossa felicidade. Se há renúncia sem contrapartida, então não vale a pensa.

    Adorei a postagem. Meus parabéns e um excelente final de semana.

    ResponderExcluir
  3. O ato de amor é uma coisa tão linda e tão complexa, seria tão mais fácil se tudo desse certo e se ambos ficassem juntos sempre que quisessem e pudessem!
    Postagem tocante!
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Amor que é amor não cai no esquecimento , mesmo distante . Tão lindo as palavras , gostei muito do texto (:

    beeijão Karine , LUZ (:

    ResponderExcluir
  5. Lindo. Dá uma passada no meu blog e vê o que acha linda, tudo bem? Brigado.
    http://sintaladonna.blogspot.com/

    ResponderExcluir