20 de abr de 2012

Prefiro uma margarida.

As flores estavam ainda lá sobre a mesa, naquele ambiente úmido e frio, que você bem sabe que eu amo. Ao lado da janela que construí em sonhos e expectativas. Sim foram muitas expectativas. Como você sabe não gosto muito de rosas vermelhas, prefiro uma margarida, ou qualquer outra, por que não sou igual e você sabe. Estou sentada agora, as flores vão murchando e morrendo a cada dia que passa, preciso confessar uma coisa, implorava a mim mesma que nós seriamos, mas nunca fomos. As lembranças, as brincadeiras, as petições, o conhecimento que um tinha do outro, foi o suficiente para me prender a você e a não querer mais largar. 
Mas você se foi, e deixou as rosas. Deixou o mais lindo e o mais bonito. Tentei por dias, te esquecer, e quando ouvia seu nome, nem importava, mas ele estava cravado dentro de mim. Estava. descobri que não se pode nunca esquecer alguém, isso é impossível, é algo ridículo, por que exatamente esse alguém é que estará de atormentando em pensamentos. Resolvi deixar, resolvi parar, resolvi sorrir, "Você é única, e eu não quero lhe machucar". 
Me tornei para ele, a rosa roxa, pois não gosto de rosas vermelhas, me tornei para ele, diferente e especial, e eu sei disso, apesar de nunca termos sido. Pessoas entram em nossas vidas, mas Deus coloca elas, para um determinado propósito, aprendi a agarrar o melhor e mais lindo e a perceber, que não quero esquecer, mas que quero me tornar em mais vidas, a rosa diferente. Até encontrar alguém que não deixe as rosas morrerem.
(Karine Cassol)
Olá  o tema desse texto,
que publiquei, veio do blog, "Brilho eterno de uma Lembrança"
Da querida Melissa, "Como esquecer alguém."
Juro que tentei fazer o melhor que pude. 
Amei o tema, Deus abençoe querida.

10 comentários:

  1. Putz Karine, amei o texto. Estava com saudades daqui, é que o tempo ultimamente está sendo ouro pra mim. rs Ei, tu acredita que quando vi esse novo concurso que você fez eu pensei justamente em pedir pra ti falar sobre isso, "como esquecer alguém", e, apesar de não ter sido eu quem escolheu o tema, eu gostei muito do texto, eu também já recebi rosas vermelhas, e murcharam, assim como o amor de quem me deu. Parabéns pelo post às duas. ;)

    Aaaah já deixei meu tema e contato la no link do Depositando Sonhos. Quero o meu também. haha' Beijos flôr, bom final de semana. ;)

    ResponderExcluir
  2. Muito bom o seu blog.
    Olá, me chamo Érik e tenho um rede de blogs,
    gostaria de saber gostaria de linkar nossos blogs?

    Acesse o meu principal: http://erikstolf.blogspot.com.br/

    obr...

    ResponderExcluir
  3. Gostei bastante. foi sincero,meigo e simples

    p.s.: estou seguindo^^
    p.s.2: a fonte dos seus textos é muito clara, dificulta a leitura
    Emilie Escreve

    ResponderExcluir
  4. Gostei bastante do texto.
    Gostei desta frase: "Me tornei para ele, a rosa roxa, pois não gosto de rosas vermelhas, me tornei para ele, diferente e especial, e eu sei disso, apesar de nunca termos sido."
    Beijos,
    Rosicler

    ResponderExcluir
  5. Bom dia! Tem selinho pra vc lá no meu blog! Corre lá pra pegar! ;)
    Abraço bom fds!

    ResponderExcluir
  6. Lindo texto!
    Obrigada pela visita!
    Curti demais teu blog!

    =D

    ResponderExcluir
  7. Que lindo *--------------*
    Amei, acho que já ficou bem claro, que não importa as tentativas a gente nunca esquece uma pessoa importante em nossa vida.
    Vou postar seu texto no meu Blog ficou incrível.

    ResponderExcluir
  8. Adorei o texto, ficou perfeito. Amei a parte das rosas roxas.

    Beijos e tenha uma otima semana.

    ResponderExcluir
  9. Olá , quando der visite por favor http://diariovirtuaall.blogspot.com.br/ bjo

    ResponderExcluir
  10. É o tipo de texto que gosto de ler. Muito bonito mesmo !

    Bjs
    http://maviealeatoire.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir