20 de out de 2012

Abro meus braços, tu és tudo!

E eu abro meus braços nesse momento. Como é bom poder sentir o ar, a brisa que penetra e que faz a gente se sentir bem, leve como o vento. Um convite a respirar e a viver lentamente. Vivendo, aproveitando. Deus tem sido fiel a cada instante comigo, a cada passo que eu dou, sinto que Deus esta comigo. Como é grande o seu amor, Ele nos conduz a vivermos a verdadeira felicidade. Ele me faz viver suas promessas e me faz ver que eu viverei o melhor, independente das circunstâncias e dos tropeços da vida, Deus nos da o sentido maior e mais verdadeiro de viver.
(Karine Cassol)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Escrevo porque encontro nisso um prazer que não consigo traduzir. Não sou pretensiosa. Escrevo para mim, para que eu sinta a minha alma falando e cantando, às vezes chorando.”/Clarice Lispector*