13 de out de 2013

Acho que optaria sempre em ser a diferente em meio a tanta igualdade. Realmente não sou como todas, mas faço parte desse todo. Preciso respirar, preciso viver. Sou desajustada em passos, me encanto nas melodias, mas o que mais quero e que nessa junção de melodia e ritmo, meus passos sejam guiados. Meus passos sejam conduzidos por meu Pai. Pliê, giros no chão, levantar as mãos, para sempre te adorarei Senhor.
Karine Cassol

5 comentários:

  1. Ser diferente é essencial hoje. Adorei o texto!

    Beijos e ótima semana.

    http://mylife-rapha.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Você escreve muito bem, parabéns!!! :-)

    Adoraria se pudesse dar uma visitada no meu blog

    http://leigopoeta.blogspot.com.br/

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Vejo que estas sumida, volte logo, gosto dos teus textos.

    Tem uma promoção nova lá no meu blog, dá uma passadinha por lá e confira.
    http://mylife-rapha.blogspot.com.br/2013/11/promocao-seu-cantinho-no-meu.html

    Ótima semana (:

    ResponderExcluir
  4. É para mim uma honra acessar ao seu blog e poder ver e ler o que está a escrever é um blog simpático e aqui aprendemos, feito com carinhos e muito interesse em divulgar as suas ideias, é um blog que nos convida a ficar mais um pouco e que dá gosto vir aqui mais vezes.
    Posso afirmar que gostei do que vi e li,decerto não deixarei de visitá-lo mais vezes.
    Sou António Batalha.
    Aproveito para lhe desejar um feliz Natal e um Ano-Novo cheio de felicidades.
    PS.Se desejar visite O Peregrino E Servo, e se ainda não segue pode fazê-lo agora, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.
    Que a Paz de Jesus esteja no seu coração e no seu lar.

    ResponderExcluir