4 de ago de 2011

Parte 02

Como eu falo isso. Eu preciso muito ouvir a voz de alguém nesse momento, e tudo o que encontrei, foi este pequeno livro, ou "diário" como diziam algumas pessoas. Eu vou escrever eu preciso escrever. Um certo medo vem me alcançando, estou em um quarto aqui em baixo, minha mãe mandou eu vir para cá, mas já se passou muito tempo e ela não voltou. Não entendo muito o que está acontecendo, a pouco tempo ouvi gritos, mas minha mãe dizia que quando eu viesse para aqui em baixo, era porque ela teria que arrumar e ter uma conversa com algumas pessoas, elas não eram boas pessoas e não gostavam de crianças. Então toda vez que a porta batia eu corria para aqui, na minha cabana para fugir deles.
Mas também ouvia no rádio algo sobre uma guerra. Com 10 anos não estou entendo, sempre gostei de letras mas não dá história. Se já lá o que esta acontecendo quero minha mãe, seja lá o que for, quero poder sair daqui, ver o sol lá fora e poder dizer que está tudo bem.
Estou ouvindo passos na escada, vou ficar quietinha aqui, acho melhor parar de escrever, talvez seja minha mãe, talvez não, me deseje sorte, eu estou com medo...
Outubro de 1931, Carlota *

8 comentários:

  1. que ela tenha toda a sorte do mundo e escreva sempre ♥

    ResponderExcluir
  2. Karine estou te seguindo.
    Vou acompanhar a história!
    Me segue também?!

    Beijooos ♥

    ResponderExcluir
  3. A princípio achei que a história se passasse na guerra ... sei lá ... Alemanha nazista, não sei.
    Acompanharei, estou a gostar.

    ResponderExcluir
  4. Oiee lindona,li ontem os textos.To acompanhando,viu?
    Um grande beijo!

    ResponderExcluir
  5. Estou adorando... parabéns novamente.

    ResponderExcluir
  6. Gostei muito do seu blog!
    Estou te seguindo também!
    Beijos

    ResponderExcluir